Nino Karvan

Nino Karvan é multiartista e musicoterapeuta que atua como cantor, compositor, artista visual e luthier. Lançou seu primeiro disco solo em 2001, o Mangaba Madura e o segundo disco em 2006, Aquarela pra Pandeiro. O terceiro disco, José, foi lançado em 2014 e o quarto e mais recente lançamento, o “No romper da Madrugada, foi lançado em 2016. Em setembro de 2021 lança o álbum Elogio do Amor, o quinto autoral de sua carreira, com parcerias com Chico Cesar, Marcos Vilane, Jeová Santana, Gilton Lobo, além de ter musicado o soneto XVIII de Shakespeare.

Nino participou de mais de 15 coletâneas de festivais dos quais se sagrou vencedor em oito deles. Participou também da coletânea L’oreille de Melanie, com a canção “Mergulho Bom”, em parceria com o compositor belga Sebastien Wilhames, lançado na Europa pelo selo Cyprés. 

Como luthier, em 2006, viajou para a China para realizar exposição de sua fabricação artesanal de instrumentos musicais na II Expor Brasil na China, onde teve a oportunidade de fazer alguns shows na capital chinesa. 

Nino Karvan já dividiu o palco com nomes importantes da MPB como Belchior, no projeto "Seis e Meia" 1996, Beth Carvalho e Chico Cesar no MPB PETROBRÁS, em 2003 e 2013, respectivamente, e Moraes Moreira no Circuito Cultural Banco do Brasil, em 2005.

 

Desde 2013 faz parte do grupo Anavantou, um projeto musical que une músicos brasileiros e belgas misturando forró, música tradicional europeia, jazz, rock, reggae, dentre outras influências. O projeto já rendeu seis turnês pela Europa, um DVD e um CD autoral, lançado em 2016. 

Como artista visual já participou de algumas coletivas e fez uma individual chamada “Violas e outras modas”, no Café da Gente Sergipana, em 2012. Divulga constantemente suas obras nas redes sociais onde sempre as comercializa.

Foto Luca 2 (1).jpg