Arte Sergipana é destaque em evento na Espanha

Atualizado: 13 de set. de 2021

Site do evento: https://www.artalvent.com/es/


Facebook do evento: https://www.facebook.com/artalvent/

Instagram da coletiva: https://www.instagram.com/coletivacrochete/

O projeto Linhas de São Cristovão, da Coletiva Crochê-Te-Ando, que nasceu da necessidade de buscar alternativas econômicas para o enfrentamento da crise financeira causada pela pandemia da Covid-19 será destaque em evento de artes na Espanha.

A iniciativa de economia criativa é formada por artesãs das linhas e artistas contemporâneas da cidade de São Cristovão: Simone Gonçalves, Claudice Moura, Jhon Eldon, Márcia Rodrigues, Sara Sulovon, Shirley Bruxxa e Rosane Bezerra e conta com o apoio da LAB-2020, com orientação da professora Rosane Bezerra do Departamento de Artes Visuais e Design da Universidade federal de Sergipe.

As obras realizadas por esse coletivo de Artes está sendo exposto na Art Al Vent, promovido pela Escola Superior de Plástica Experimental A. Vives e é atualmente considerada a mais importante feira outdoor de criação têxtil da Espanha. O evento que se iniciou no dia 13 de agosto será encerrado no dia 14 de setembro. A exposição pode ser vista através do site

Catálogo das obras expostas:

art al vent catalogo 2021
.pdf
Download PDF • 28.54MB




As palavras do integrante Jhon Eldon sobre a Coletiva:

"Afetadas pela crise pandêmica provocada pela COVID-19 e a consequente redução das possibilidades de trabalho, as artesãs se encontraram na Casa da Costura Dona Zil com finalidade de desenvolver um projeto artístico-cultural que pudesse solucionar algumas questões relacionadas à comercialização de suas produções.

Nesse momento, deu-se início a uma investigação das estratégias possíveis para criar uma rede de fazedoras capaz de sustentar suas sobrevivências por meio dos trabalhos que realizam. Desse encontro, surgiu uma amizade entre as integrantes do coletivo, uma identificação tão fina, que logo desencadeou a necessidade de formalização e inserção do grupo por meio de ações culturais e artísticas, além de parcerias com outros agentes culturais e instituições diversas, com objetivo de ampliar a visibilidade dos trabalhos desenvolvidos por cada uma. A artesã Flávia Santana e a artista visual Shirley Bruxxa se somam à coletiva, bem como a artista multidisciplinar Sara Sulovon.

Atualmente, a coletiva desenvolve o projeto LINHAS DE SÃO CRISTOVÃO, incentivado pela LAB-2020, com orientação da profa dra Rosane Bezerra (Departamento de Artes Visuais e Design-UFS). Esse projeto se expandiu e tornou-se também um projeto de extensão ligado à UFS."




Posts Relacionados

Ver tudo