Pilatos, a Hora Nona

Pôncio Pilatos extenua sua imaginação tentando antecipar as consequências da sentença que jogou nos ombros de Jesus, enquanto analisa friamente as tensões políticas entre judeus e romanos, na província da Judéia, no ano 33.

Com direção e atuação de Luca Piñeyro, o texto do escritor sergipano Hunald de Alencar destaca pela originalidade de focar desde um ponto de vista político, um dos acontecimentos mais conhecidos da nossa cultura. 

Pilatos, a Hora Nona.jpg

Apresentação no Teatro João Costa (Janela para as Artes)